terça-feira, 6 de outubro de 2015

Preguiça, vaidade, enfim...

No fórum TSF está Adelino Maltez a dizer que o programa de governo vai ser uma barganha negociada às escondidas.
AM está muito aborrecido porque não há Podemos por cá. Vai daí, desqualifica  a negociação parlamentar. Como? Ah...pois, é tudo fake e nas costas do povo. Já se fosse entre um Podemos e um Ouvimos, seria às claras, no parque Eduardo VII.

12 comentários:

  1. ...e de braço no ar, com enquadramento profissional de operadores de Camara tarimbados, que assegurariam tudo alinhavado por matizes em verniz sem fissura.
    O meu problema é que fui desde cedo cativado pelo trabalho de Lucio Fontana, i.e. "Concetto Spaziale" em especial aquelas variações designadas por "Attese", particularmente em fundo Azul e que conjugo com aquela linha de Leonard Cohen que diz "there is a crack on everything/ that's how the light gets in". Tudo isto desajusta-se completamente da maior parte das taxonomias da TSF, que no reino animal se encanta com ... fogos fátuos ou fogachos e neles entrevê veios de vida.
    Conheci um 'cromo' que fazia essas 'análises' nas manchas de café em chavenas de cimbalino - quando errava, dizia que, do outro lado do balcão, o operador da maquina de café, um simplório é bom de ver, não tinha escaldado a chávena como 'il faudrait'....

    Jorg

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. os sinapismos da democracia directa são um problema histórico...

      Eliminar
  2. Acima de tudo, caro FNV, e sendo, no caso, o Adelino Maltez, quem, apesar disto e daquilo, muito considero intelectualmente, é, sobretudo, vaidade!! Pena, todavia!!

    Permita-me, ainda a propósito da media de referencia, essa coisa extraordinária que nos ajuda a ver sentido no mundo e a destrinçar o bem do mal, mais um pequeno exemplo referido pelo caro Pedro Correia http://delitodeopiniao.blogs.sapo.pt/o-tamanho-nao-conta-7804725.

    Um outro ponto que me tem deixado sobremaneira intrigado é o recente e reiterado queixume de variados comentadores, simpatizantes da esquerda que existe a leste do cabo da roca ou antipatizantes deste governo, acerca do que dizem ser uma espécie de domínio doutrinário e ideológico sobre a media de referencia incluindo a televisionada (o JPP já tinha ensaiado este ponto através da chamada imprensa económica, nem sei se a lê mas, e ainda assim, nomeou-a - talvez o Jornal de Negócios, diário económico, cais, caras negócios....). Ou eu perdi definitivamente qualquer juízo crítico acerca do que leio, vejo e ouço ou alguns destes personagens estão a dar música!! Intrigante, de facto!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. vivemos tempos vibrantes, caro Justiniano...

      Eliminar
  3. Tambem ouvi incidentalmente. Roçou o antidemocrático, como é frequente nos foruns, a ponto de o confundir com dos cromos militantes. O mercado do comentarismo está quente e certos ninchos de mercado, como os taxistas, não se podem perder.

    XisPto

    ResponderEliminar
  4. Caríssimo Filipe, aguardo confiante e serenamente o exílio cascalense pós-20-D de "Sus Majestades muy Católicas" Don Felipe y Doña Letícia...
    Quanto ao nosso Tó Costa da "tralha socrateira" que substituiu o Tó Zero do "poucochinho", depois do último acto eleitoral, arrisca-se a cumprir o desígnio tão caipira do «se correr, o bicho pega; se ficar, o bicho come»...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. que venham os reis e as rainhas, caro Fernando: teremos melhores cavalos e cocheiros mais belos eheheheh...

      Eliminar
  5. O Maltez é conhecido por debitar alarvidades provocatórias, uma coisa e o seu contrário logo a seguir. Acompanhar o dito no FB e os comentadeiros que lá pousam é hilariante.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. tem algumas coisas engraçadas, mas sempre com uma empáfia enjoativa ( e adjectiva como se estivéssemso ainda no tempo do Fialho, qu e tb uso, mas com moderação...)

      Eliminar
  6. quantas cadeiras de troca tintas é preciso para se ser politólogo?

    ResponderEliminar
  7. Ouvi assim por alto. Mas JAM não era considerado miguelista, ou coisa parecida?

    ResponderEliminar