quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Tome cuidado, dr Rosário Teixeira

Na Argentina é assim.
Por cá não esperem excitações mediáticas com este affair de filme: não há narrativa do poder fascista/ imperialista/neoliberal  envolvido.

3 comentários:

  1. Tenho interesse em saber o que para você seria um tratamento adequado deste caso pela imprensa. Olhe que eu duvido que você tenha uma resposta satisfatória.

    João.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ainda bem que duvidas, poupas-nos aos dois.

      Eliminar
  2. Dedicada e si joão:

    https://www.youtube.com/watch?v=ohqBeqbMIbk

    ResponderEliminar