quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Antonio Barack Obama Costa

Antonio Costa, uma vez PM, será comedido, alinhado com a Alemanha, conservador nas opções económicas, visita de banqueiros. Toda a captatio benevolentiae se esfumará sob o peso da responsabilidade executiva.
A franja de apoiantes mais aguerridos que o levará ao poder começará  a escrever as Lamentatio Ieremiae Prophetae poucos meses depois da eleição.
Costa só não vai mexer na lei das armas nem fechar Guantanamo.


3 comentários:

  1. 'é tempo de pedir factos'
    Eneida, VI

    'onde há aranhas, não há moscas'
    Bertolt Brecht; alma pura

    police verso neste alter orbis

    ResponderEliminar