quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Oportunidade perdida

Julguei que ia ver hoje Pacheco Pereira demolir Fernando Ulrich ( o desprezo do ai aguenta aguenta, a insensibilidade social, as negociatas, o poder pestífero da banca etc), mas afinal foi tudo sorrisos e salamaleques.

5 comentários:

  1. O Ulrich também parece ter intimidado Costa ao ponto de reconhecer que a solução BES antecipa a prevista na união bancária e é a melhor para os contribuintes, precisamente o que questionam publicamente. Junto com as recentes declarações de colaboradores de Costa contradizendo as suas principais bandeiras eleitorais, devolução integral de cortes na função pública, reabertura de tribunais encerrados, baixa de impostos, renegociação da dívida, etc traçam um quadro muito interessante sobre a estratégia do PS.

    XisPto

    ResponderEliminar
  2. Vcmcê sobrestima o JPP e subestima a direita do Ulrich e o seu famosíssimo uppercut!
    (Ontem o JPP compreendia tudo. "Compreendo bem, o porquê...o como...o quem...." Compreendia tudo, com sal e sem sal! Nem expôs as suas habituais e avisadas objecções à sobrestimada solidez da banca. A cavalgadura de ontem foi verdadeiramente aborrecida.)

    ResponderEliminar
  3. Ulrich, de quem não se conhece detalhes da biblioteca, ajustou bem e cedo o 'spin' - confessou que até preferia a solução defendida pelo PCP¨!!! Já viu o que era o Alcaide insuflado, e PP a zurzirem "á direita"....Era assim, como a Charlize Theron no "Monster" :-)))
    Jorg

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sim, sim, também reparei no pequeno trompe l'oeuil

      Eliminar